sábado, 18 de agosto de 2012

Só Tópicos (125)


1 - Travadinha e Berna na Ilha do Fogo

2 - As delegações internacionais e a incompreensão dos PAR (excp BM) Idem CS

3 - RAS e Reinos com Dom Duate, Sr Castro, Milho Cruz Luís

4 - Agustina em Amarante - como se termina uma festa feliz? Não terminando.

5 -Paulo Valada e o Encontro da diáspora no Porto. Apoio sim convite não

6 - Málice, Dom Duarte e Natália

7 - Málice e Toronto, sinónimos

8- Guterres e Anita Gradin

9 - Santa Bárbara -Mécia e L Belchior

10 - OIT Chamonix em névoa - Docas Sekanina e Maeda

11 O russo Yuri - quem falava o quê?

12 – Casais - paquistanes e indiano -contrastes

13- Sekanina e o cavalinho no jardim -sem preocupações, como o seu filho

O esquilinho - o carro vermelho a França, ali ao lado. Dubceck - as fronteiras, Lyon

14 - O impasse na fronteira eslovaca - com e sem Russel...

15 - Exame da 4ª classe. Guerra religiosa... pequena mártir

16 - Anos 50 - Manel V discreto e engraçado

Qd a bicicleta avariou...Todos Manueis Salvo o Jurgen – eu sucesso entre a samigas…

17 - FCP Toronto e o deputado que não era...

18 - SCP - e quase perdia o avião na conversa de aeroporto com o Antº e os leões

19 - 1ªentrevista de rádio na Suécia - eles com medo da PIDE por mim

20 - Oslo com a Gesine, depois do curso sueco

21 - Do curso sueco aos portugueses nele inspirados - Mega Ferreira, Beatriz RT

Geraldes Cardoso, Nogueira de Brito, F

Agria

22 - Com Agria na Holanda - família à espera do meu entrar em pânico no avião...

23 - A menina alemã que esperava uma SEECP de grande estadão...

24 - N Brito e o 1º Mº que tem pouco vocabulário

25 - 10 de Junho em Évora - Cargaleiro, ranchos que MS queria apressar...

26 - Ruth Escobar jantar na res do Cônsul-Geral de SP



(livrinho de M Laranjeira)

27 - Reencontro com os Covian no concerto de Berna e Durval

28 - Casa da Argentina -o tango...

C de Portugal - nem dança nem música, só conversação. Discussões com o Z João os jogos de futebol

Parc des Princes - derrota de SLB – a boleia O homem na lua -

29 - Sardão cometer uma boa acção – fazer redacções para as outras, até á última – as confissões do P Leão, aulas de literatura. “ daus na mesma tarde: o q é que lhe aconteceu? – Comer bacalhau – inventar uma língua –peças de teatro –pertencer ao coro, sem cantar – play-back – Aula de religião. Síntese da vida de Jesus (passou, fazendo o bem)

A procissão de vela - Soco no queixo de Clarinha - andebol, guarda redes - jogar à Monteiro da Costa, futebol clandestino - Podes jogar sozinha - histórias ao serão - os relatos - os quartinhos de piano – poesia

30 – o tremor de terra 68 – por carta

a boleia de Vincennes com a Docas – a excursão à Normandia – a compra do Peugeot – o furo, o simpático francês – prevenção sobre as estradas port. – as velhas da Bretanha – o desmaio da D em St Michel -

31 – o busto de Sá Carneiro: SP, com CS

32 – Manzini – a bandeira do FCP! Os retratos de ancien regime retirados das paredes

BH a mescla de regimes…

33 – Marcelo C em Espinho, R 19 – carro junto ao mar, bjs da Lélé. Pequenina

34 – OREGON – visiting professor, cursos nas aulas, conferências – jantar feminista com as professoras –a vida do campus, na casa da reitora ausente – o prof que falava de racismo no Brasil – entrevistas – visita pela costa

35 - Ilinois – menos cozy, menos memorias – tão perto de Northwestern

36 –OIT 68 – Qd fez um gesto nos cabelos longos e o tomaram por pedido de palavra – o assédio, nos primeiros dias, depois, a normalidade, as amizades serenas com os outros

Yuri e as mensagens por escrito (a vossa conversa é interessant,. mas não ouço o conferencista). Mesmo método, mais tarde, na APCE com Russel37

Excursão de tº a Turim e Milão – checo implicativo. Docas: qd a viagem ainda era só de tº . Conversão. Metamorfose da inglesa, que se sentia viva com osolhares e piropos – q tanto detesto…

37 - Jantar de festa em Vallais – cantar o hino…

38 – A Córsega - Luísa Baracho, avião em Nice, guardamos as sanduíches …Discussão sobre a língua corsa…de Táxi pelo Cap Corse, com um argentino que pagou a parte dele. Muito simpático. Sá Carneiro não me encontrou para a lista de deputados (Estava na sardenha, dizia ele…)

39 - Troca de ilhas, como com o Príncipe Filipe - A OBE – como conseguiu isso?

40 – MNE a batalha das condecorações – tentativa de me distraírem com presentes… (toalha de renda de Bruges). Nunca ceder…

41 – No jantar de homenagem de L Silveira, re.f ao caso da pensão do ex-PIDE. Minha proposta, decisão corajosa do Provedor, JMG

42 – Funeral de Salazar na tv do Nosso Café, com o Avô que era um fiel. A mulher de preto que chorava muito, não era uma rural, era a filha do Tomaz!!!

43 –Paixão infantil por carros. Aos 5 ou 6 anos sabia as marcas todas- a mostrar ciência na janela do quarto do Tio David – carrinhos de feira – perder a corrida com o Nestó, carro avariado…Chorar qd os empregados vinham tomar cona do guiador do meu carro…1ª condução no jeep do tio Eduardo (folga volante…). O Tio q nadava como ser marinho, q perdia o filho nos passeios de Espinho. Minha 1ª recordação – perdida na esplanada de Espinho (2 anos?) Tio S o grande empresário, mas péssimo condutor –o desastre do pai – gesso, ramo de flores (Antº). Reencontro com Abel Portal Caso divórcio, aprovação

45 – Aprender a nadar no Tua, perto da Freixeda. A comunhão dos primos! Excluída do coro da família

44 – Qd destravei o carro do pai na rua íngreme e o Avó Manuel segurou o carro… Um atleta. Campeão do jogo do sino – força e destreza – actor amador – tocava música de ouvido…

45 – Avó Q Francisca –varapau, cantigas ao desafio…

46 - PREC em Coimbra com Z Quim e Nina – Consensos… ateu, chei de obras de arte religiosas – justificação da minha ida para o gov MP (soc!) Nina o filho do Sr Dr Juiz, a filha do operário sou eu…Verdade –não somos classe operária…Os pequenos e a felicidade de ter prima…

47- Fac aulas no bar – aulas no Porto. Júri Com Fº Nogueira. Dia de todos os chumbos – não vamos ser saneados, porque sabem que foi justo– aula sobre dª soviético Exames – os MRPP…

48 Com Boaventura – quase pioneira de gender studies

49 – Presidente do gr de tº sobre o risco de ac de tº (1ª notícia das minhas actividades) – com Pernão e repda Intersindical, etc Rápido consenso Relatório com art do passado (40º aniv do INTP, sobre Ac de Tº, claro) …

Estava actual!

50- Visita ao Dr E Correia, Mº da Justiça. Veio à porta da rua despedir-se de mim. Um Snhor é um Senhor…ministro ou não

51 – A volta da posse de Pintasilgo,1 de Ag 79, calor infernal – levaram o carro de X basto, enqt almoçávamos…

52 – Registo de filmes vistos (nº 50)

Record em1960, com 95 filmes, entre bons e maus.Ir ao cinema pelo prazer de ir…

53 – Muitas condecorações, e até uma marroquina

Le WISSAU ALAOUITE – grau commandeur em 23-1-95

54 – Os cafés do portojunto ao Marquês: Satélite, Onital, Pereira,

55 – CCP em Porto Santo – Bagarre na abertura, entre AJJ e J Machado.

Escândalo a meio qd quase toda a delegação da França decidiu abandonar os trabalhos e fazer a sua própria reunião. Ao q respodi: São livres de o fazerem mas não com o orçamento de Estado, que não é para reuniões particulares. Abandonaram logo PSanto e deram conferência de imprensa em Lisboa contra mim. O costume. Passeio de barco cm AJJ e mergulho na baía dos Tubarões.

O ciclone na viagem para o Funchal.

56 – Comício do PSD na Foz, para jovens. Concerto de bandas. Com Brochado Coelho – entrada errada Saltar a vedação e aterrar em cima dos cabos – ia acabando concerto futuro…

57 – Dr Cassola, grande escritor! Mas crítico qt a algumas políticas –o q eu achava normal

V Gil , o concurso para homologação, a injustiça, o recurso judicial encorajado, a nomeação para VP do IAECP.

59 - Cabo Verde A madalha (10 anos de renovada amizade). Tarrafal – campo conc, depois, almoço na praia. Perda da mala do Berna, lagostas na bagagem, 30 malas e pacotes da comitiva - o DG que florescia em África –à procura da noite de CV (encontrou quase tudo….).. Mindelo: Berna proibiu, e bem, a serenata de madrugada – as anedotas do gr Coimbra, a fadista Esmeralda, o álbum de fotos feito pelas mãos de DG. O acordo de imig – carta do homólogo a Gonelha. Discurso de despedid de improviso, e no acento luso- cabo v como no luso br –os jantares na Bem Baptista Martins – último banquete, 400 pessoas na residência e jardins, fados.

60 –Mª Luísa informa: lagostas vivas! Corri a chamar a vizinha – Idm com a caça do atirador olímpico.

61 – Ilha do Fogo pesados com a bagagem, meninos loiros, paisagem lunar, Travadinha

62 – Margarida, a CV convidada para o CCP e tratada como outro membro qlq

Mas eu sou Cv! E eles: Tudo bem… (em Lx, da C Perm até um coleda do CCp queriam excluir…)

63 – Praia, negociações e informações, 15 de um lado, 3 do nosso -. Secretariado por CV – o D Geral dizia: Isto só foi possível, porque éramos todos muito inteligentes, as CV e eu”. Tão divertido (lá!

Entrevistas Tv rádio, Pedro Pires – novo encontro cordial na rua

64- De ganga na festa chique de igreja.

65 – Cite: Kennedys nas paredes, em vez de Che – lembrou a Ani no centenário.

66 – Boston o telefonema atendido po Luís GP, yes, yes (era em inglês, não entendi). Sem saber, até hoje…

67 – Acreditar na imprensa, qd o pai afirmava que eu estava em casa, não em SPaulo

68- P Cid e eu no autocarro para o MNE – ele nem queria acreditar

69 Os cadernos amarelos EM Caracas, nos arrumos… (Rita e eu a abrimos os pacotes em plena conf de imprensa…

70 – O Manel a ver um jogo nas Antes, lendo um romance… Vela era o desporto dele…

71 – yorkie de Ny para Lx – it looks real – toda a gente vinha brincar com ela – não dormi…

De Lx para Espinho, encontro com jornalista no comboio… Colunável…

72 – Como eu no Br 1980 – qd não havia M- na pol br

73 – Doença da yorckie – aprendi a cozinhar soja, ensinada pelo vet. She shares it with the dog…

74 qd vinha do vet, clandestina no MNE – no 4 dez pensei que ia morrer – acalmou qd cheguei a casa. Portava-se mal, qd eu chegava a Espinho. Na minha ausência, exemplar…

75 – 4 de Dez comício no Campo Pequeno, com S Brito. Notícia ao jantat no Grande Gatsby. Depois, A Correia. Rtp. Co F Amaral, São Bento, pela noite fora…

76 – Funeral - no carro de R Machete – impressionante, comício tétrico…

77- Antes, comício de campanha, 75 com Branca – camião do PSD’s da Graça- Pedras no Campo P (MES?)

78 – o salazarista que era PPD – o comício do PCP, saída de táxi

79 – Branca e os cartazes – a greve no gab de RM- como ela resolveu..

80 – Dr Amaral: nós os de Direita – enc de educação do seu pai…

81 - Posse de Nuno Tavares e “a comuna q o MP foi buscar”

82 – As nomeações de mulheres para a Inspecção e uma m- para delegada das RCT

83 – Encontro da CEFRES – o espanto de me dizer feminista, naquele governo

84 – O caso dos T-men do SCP. As pressões vermelhas…

85 – O caso da distribuição de gorjetas nos casinos. A meias com J Padrão. O encontro com os peticionários…

86 – Peticionária por Timor A limousine dos outros.

87 – A limousine que Crespo não queria em Wash. As críticas do outro Crespo – missão bem sucedida por Timor. A comunista não sou eu. Tradução por Teresa SC Gomes e eu…

88 O caso Ana Pinto de Sousa. Ela fica!

89 - Marcelino, Graça – UEDS

90 – 1980 A emig para a Suiça – Sá C e a sua ex-empregada eu ia emig,. Como se chama a empregada? Não sei. Acabou a emig naquelas condições…

91 – O apoio voluntário de Ed Costa – a visita a Toronto – o Motel de Luther King, etc

92 – Branca, grande chefe, grande (in) subordinada…

93 – O aso da Missionária que tinha passado pelo Canadá

94 – Costa Brás duvidava q gostasse do tº burocrático, mas gostei. Em casa, na varanda, a trabalhar, com a Maria a fazer-me café e a Endora por perto- Às 18.00 cinama, qd houvesse filmes para ver

95 – Primas novas – a tentar tapar-lhe os olhos - Manela, depois: já vi muito mais do que isto…Com a Avó Mª numa comédia italiana – e gostou, riu-se, surpresa. …

96 – d ia decifrar os despachos do Dr. JMG - a tarde a ouvir histórias fantásticas

97 – AR - o elogio fúnebre – de improviso, sem preparação, ninguém mais falou – q Coisa estranha!

98 – Alguns relatórios da APCE (caderno vermelho – 152 –

99 – O sucesso das conf de imprensa do J – Ghost writer do assessor – Margarida SM o ponto de equilíbrio.

100 – MS e o jarrão para o PR da Índia.101 – Sair para o centro de Harare – SP Rio


101 - 1960 Lar das Dominicanas - suposta tentativa de assalto. vem polícia. Acordou toda a gente menos eu... História repetiu-se em 1988 no Iraque, Hotel Al-Rachid -baterias anti-aéreas, barulho infernal, e eu a dormir o tempo todo!

102 - Únicas negativas na vida (para além de um falsa negativa a alemão) as das escritas de corporativo e colonial com Erhard Soares /subi na oral para a média de 14 no 2º e 15 no 3º ano.

193 - Triângulo Manel Q,  Mª Emília e eu. Ela gostava dele, ele de mim, eu apenas amigas dos dois...
Muitas situações divertidas

104 - Mª Emília - minha amiga e da Lecas,  No dia do funeral tinham combinado ir ao cinema. Mª Emília tel para saber a razão do atraso. Ficou deprimida. Eu, nem se fala...

105 - Entusiasmo futebol e ciclismo. Dias dos Santos no eléctrico de Gondomar para o Porto (10 com 2 traços)

106 Até ir para a escola fantasiava e mentia. Depois, não mentia, mas continuava a inventar - relatos de futebol, romances, contados durante os recreios, no colégio. Organização de jogos de futebol clandestinos  - sem castigo (podes jogar sozinha)

107 - Avô Manuel, em casa sempre a ouvir rádio, música ou futebol. Eu sentava-me ao seu lado, partilhava as emoções.

108 - Pai foi administrador do Diário do Norte - tinha bilhetes para cinema, circo, desporto...
E antes, com o Tio Manuel, em rep do jornal, acompanhou uma Volta a Portugal. Nós fomos a várias cidades, ao seu encontro.

109  - Dragão de ouro, depois das guerras com Mota Amaral, desde Sevilha, ao Japão, passando por Geselkirchen e pela inauguração do estádio. nesse dia, longa entrevista na RTP, com o Dr Pôncio Monteiro - um frio glacial... Ele cheio de febre. Eu constipei-me posteriormente.
no estádio ao lado de Aurora

110 -  Japão - escondida para não ver os penalties. Maniche riu-se imenso com a história...

111- Dragão de Espinho - surpresa absoluta (2011)
Anos anteriores, apresentação de Baía (2006),  Pinto da Costa (2007)

112 - Presidente da Assembleia da Delegação de Espinho do FCP, em 2008/2010.
conselho cultural nos anos 80. conselho de delegações . Visitas a Long Island com Paulinho Santos e a filha (encantadora), a Toronto, com Vitor Baía (até benfiquistas fizeram questão de estar na festa...
Inúmeras deslocações pelo país.

113 - Filha e neta de portistas - em linha recta desde a fundação do clube...
Antas, desde a inaug com o pai
Depois, com Tio Serafim e Tónio. junióres com o Tio David - para ver o FCP ganhar sempre...
Fº Gomes - o craque que i Tio vaticinava...

114 - medalha de ouro do Tio David - para deixar ao portista mais fanático da nova geração...

115 - Avô - cinema, cafés, Qd chapeu rolou e foi passado por um carro, em frente ao Batalha, para onde íamos.
Cinema tb com os Pais - no Porto, em Espinho...

116 - Passeios pelo Minho, Douro, termas...Vizela Aregos, Caldelas

117 - Fermentelos 1980 - o helicópero de Sá Carneiro. Governo feminino completo.

118 - versos do Sr Macedo Vancouver (note book)

119 - 5 out no Centro Republicano de Fânzeres - o ourives que tinha conhecido o Pai no Grémio e
dizia repetidamente: o seu pai era exageradamente honesto

120 - os  aspirantes a namorados, todos me limpavam as lentes dos óculos...se,pre cheias de pó e impressões digitais...

121 - gostava de uniformes, simplificavam a escolha de vestuário...
não ligava muito .. Tive de melhorar, qd cnsegui emprego, depois no governo...mas o cabelo sempre de qlq maneira...
Ayer, Costa Cabral...

122- Medalha para Roberto Leakl concerto em Guimarães viagem para a RAS

123 - paixão por animais - os meus cães, os meus gatos...
124 - Os 5 violinos na rádio comercial
125 - futebol RTP sobre Mário Jardel..., um Expresso da Meia noite... Praça da Alegria, co Eládio Clímaco, sobre  Baía





Sem comentários:

Enviar um comentário